Skip to main navigation Skip to main content

Pedro Proença: “Maior vencedor foi o Futebol”

Liga Portugal | 26/07/2020
headline image

Presidente da Liga Portugal enaltece trabalho realizado por todas as Sociedades Desportivas para que a competição chegasse ao seu término

Dois meses depois do inicialmente previsto, chegou ao final a Liga NOS 2019-20, numa edição que ficará para sempre marcada pela pandemia que forçou à paragem da competição e ao seu reatamento sem público nos estádios.

Para o Presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, o dia 26 de julho é momento de “enaltecer o fantástico trabalho e esforço realizado pelas Sociedades Desportivas em articulação com a equipa da Liga Portugal”. “Isso permitiu, como sempre acreditamos desde a primeira hora, terminar a competição apesar de todos os desafios e obstáculos que foram necessários ultrapassar para que tal fosse uma realidade, ainda que, infelizmente, sem a presença do verdadeiro coração desta atividade: os nossos adeptos”.
O responsável pelo organismo que gere o Futebol Profissional deixa ainda “uma nota de agradecimento também para a FPF e para a Direção Geral da Saúde, parceiros fundamentais ao longo deste processo de retoma”, já que, frisa, “muito contribuíram para que o futebol profissional tenha tido a oportunidade, ao longo destes últimos meses, de ter sido um forte exemplo de conduta responsável para toda a sociedade portuguesa”.

“Dentro do campo tivemos, mais uma vez, um campeonato marcado pela enorme competitividade, como é disso exemplo luta pelos lugares europeus e pela manutenção disputada até aos últimos segundos da prova, mas também pelo renovado despontar de novos e jovens Talentos que continuam a marcar o ADN da nossa Liga. O maior vencedor foi o Futebol”, referiu, deixando ainda os “parabéns a todas as equipas que atingiram os seus objetivos e uma palavra de conforto ao Portimonense e ao CD Aves”, para que possam regressar à Liga NOS em breve.

O Presidente da Liga Portugal deixou ainda uma palavra “para as equipas da LigaPro que não puderam ter a permissão para concluir a sua competição em campo, com o desejo que regressem ainda mais fortes na próxima temporada”.