Skip to main navigation Skip to main content

Homem do Jogo Liga NOS da Jornada 34

Liga NOS | 21/05/2019
headline image

SL Benfica campeão, Vitória SC europeu e CD Tondela vence duelo pela manutenção. Foram estes os grandes destaques da última ronda da prova. Conheça os derradeiros nove profissionais distinguidos

Terminou a edição de 2018-2019 da Liga NOS. O SL Benfica foi o vencedor, acabando a prova com 87 pontos, mais dois que o segundo classificado FC Porto e um registo de 103 golos marcados e 31 sofridos. Na receção ao Sta. Clara, os encarnados venceram por quatro bolas a uma e carimbaram o 37.º título do palmarés. De referir, ainda, que Seferovic’ se consagrou como o melhor marcador, com 23 golos e Pizzi foi quem mais assistiu, com 18 passes para golo.

Na 34.ª jornada houveram mais duas partidas decisivas para as contas do campeonato. O Vitória SC foi a Moreira de Cónegos vencer por 1-3 e ultrapassou o Moreirense FC na quinta posição, confirmando, assim, presença na UEFA Europa League da próxima temporada.

Já no Estádio João Cardoso, CD Tondela e GD Chaves defrontaram-se com o último lugar de permanência em disputa. Numa partida com sete golos, os tondelenses fizeram cinco e garantiram presença na Liga NOS de 2019-2020.

Fique, agora, a conhecer os nove jogadores eleitos como “Homem do Jogo Liga NOS” da 34.ª jornada.

Belenenses vs CD Nacional – Cleylton (Belenenses)

Fez o segundo de três golos do Belenenses, que valeram o regresso às vitórias dos azuis. Participou, também, em várias manobras ofensivas do ataque da equipa da casa, o que lhe valeu a distinção como Homem do Jogo Liga NOS.

SC Braga vs Portimonense – Fransérgio (SC Braga)

Aos 28 anos, Fransérgio foi uma das figuras do plantel bracarense ao longo de toda a temporada e, apesar de não ter tido participação direta nos golos dos “Guerreiros do Minho”, comandou o meio-campo de Abel Ferreira e ajudando a equipa a terminar a prova com um triunfo.

CD Feirense vs CD Aves – Tiago Silva (CD Feirense)

Os fogaceiros não venciam desde a segunda ronda e já tinham confirmada a relegação para a LEDMAN LigaPro. Ainda assim, os jogadores do CD Feirense conseguiram um final de época com cinco pontos em três partidas, despedindo-se da Liga NOS com uma vitória, comandados por um inspirado Tiago Silva.

Marítimo M. vs Boavista FC – Rafael Costa (Boavista FC)

Os axadrezados terminaram a presente edição da Liga NOS com uma série de quatro vitórias consecutivas, catapultando a equipa para o oitavo lugar. Obiora fez o golo solitário, é certo, mas Rafael Costa assinou uma prestação assinalável no meio-campo da formação da pantera e foi eleito o melhor em campo.

Vitória FC vs Rio Ave FC – Nuno Pinto (Rio Ave FC)

Individualmente falando, foi indiscutivelmente a melhor exibição da temporada. Após vencer a luta contra um linfoma, que lhe foi diagnosticado em dezembro, Nuno Pinto regressou aos relvados, confirmando o golo e a vitória mais importante que conseguiu na vida.

SL Benfica vs Sta. Clara – Seferovic’ (SL Benfica)

O avançado suíço dos encarnados fechou a temporada com chave de ouro, ao bisar na vitória que garantiu a conquista do título de campeão ao SL Benfica e chegou aos 23 golos apontados, um registo que lhe valeu a distinção como o melhor marcador da prova.

FC Porto vs Sporting CP – Herrera (FC Porto)

Já perto do final da partida, um pontapé acrobático do capitão de equipa dos dragões garantiu a reviravolta e a conquista dos três pontos no clássico frente ao Sporting CP. Um gesto técnico, mas não só, que valeu a distinção como “Homem do Jogo Liga NOS”.

CD Tondela vs GD Chaves – Murillo (CD Tondela)

Só uma das duas equipas iria conseguir manter-se na Liga NOS da próxima temporada. Com dois remates certeiros, Murillo foi um dos principais responsáveis pelo triunfo caseiro e a respetiva manutenção tondelense.

Moreirense FC vs Vitória SC – Miguel Silva (Vitória SC)

Na chegada aos lugares europeus, o guardião vimaranense Miguel Silva demonstrou que viajou até Moreira de Cónegos para ajudar o Vitória SC a qualificar-se para a UEFA Europa League da próxima temporada, com uma exibição para mais tarde recordar.