Skip to main navigation Skip to main content

Apresentado o projeto do novo edifício sede da Liga Portugal

Liga Portugal | 12/10/2020
headline image Foto: Miguel Nogueira

Sessão decorreu no Executivo da Câmara Municipal do Porto e contou com a presença de Pedro Proença, Sónia Carneiro e Susana Rodas; projeto vai a votação em Assembleia Municipal

Decorreu, esta segunda-feira, no Executivo da Câmara Municipal do Porto, a apresentação do projeto do novo edifício sede da Liga Portugal, que seguirá agora para Assembleia Municipal, tendo em vista a sua votação. Nesta sessão, marcaram presença o Presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, a Diretora Executiva Coordenadora da Liga Portugal, Sónia Carneiro, e a Diretora Executiva de Marketing, Comercial, Business Development da Liga Portugal, Susana Rodas.

Para o Presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, esta foi a apresentação de um projeto “que está a ser pensado e negociado há três anos e meio" e que suscitou interesse de "muitos municípios, que manifestaram interesse. No entanto, não fazia qualquer sentido que um projeto desta dimensão não ficasse sediado no Porto, casa do Futebol Profissional desde o ano de 1978. Nesse sentido, é importante deixar uma palavra de agradecimento ao Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, que desde a primeira hora percebeu a importância de manter a Liga no Porto", salientou.

O Presidente do Organismo que tutela o Futebol Profissional realçou ainda que este será um projeto de “investimento privado, de dimensão nacional, com o município do Porto a tornar-se no primeiro a acolher a primeira licenciatura, a nível mundial, de Organização e Gestão no Futebol Profissional" e que, "resultado de uma cooperação com a LaLiga, será expectável que venha a receber diversos alunos estrangeiros.”

Já o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, salientou “a importância vital em manter a sede da Liga Portugal no município do Porto”, relembrando que em 1978, ano de fundação do organismo, “a cidade do Porto decidiu oferecer um terreno à Liga, uma vez que havia a necessidade de a cidade possuir uma grande estrutura desportiva”. O Presidente do município do Porto prosseguiu, afirmando que esta “foi uma negociação que decorreu ao longo dos últimos três anos e meio, sendo que o facto de nada transparecer é demonstrativo da qualidade das pessoas com quem estamos a negociar.”

Importa realçar que o início das obras está previsto para junho de 2021, naquele que será o primeiro Centro de Empresas de Desenvolvimento do Futebol Profissional. O edifício será composto por sete andares e responderá a todas as necessidades do Futebol Profissional, contando com um auditório com capacidade para mais de 400 pessoas, o primeiro museu das competições profissionais – onde estarão representadas as 34 marcas que significam o Futebol Profissional em Portugal – e, ainda, uma zona de Futebol HIGHTECH.

Este ambicioso projeto será autossustentável, uma vez que o edifício será pago através da receção de eventos nacionais e internacionais, com a conclusão das obras prevista para janeiro de 2023.