Liga Portugal, 40 anos

1978

3 de fevereiro

É criada a Liga Portuguesa dos Clubes de Futebol Profissional. Os Estatutos da Liga são oficializados no 5.º Cartório Notarial do Porto, com a presença dos representantes do Futebol Clube do Porto, Clube Oriental de Lisboa, Varzim Sport Clube, Boavista Futebol Clube, Grupo Desportivo de Riopele, Vitória Sport Clube (Guimarães), Sport Clube Beira-Mar, Sporting Clube de Braga, Leixões Sport Clube, Sporting Clube de Espinho, Gil Vicente Futebol Clube, Clube Académico de Coimbra e um representante nomeado por Atlético Clube de Portugal, Vitória Futebol Clube (Setúbal), Juventude Sport Clube, Sporting Clube de Portugal e Grupo Desportivo Estoril Praia. João Aranha assume a responsabilidade de dirigir a Liga.

1979

15 de janeiro

Publicação do Boletim do Trabalho e Emprego (1ª série, nº 2) com os estatutos da Liga Portuguesa dos Clubes de Futebol Profissional. O Artigo 5º dos Estatutos refere que “a Liga tem por finalidade promover a realização dos interesses comuns dos seus membros e defendê-los”. A Liga tem sede provisória da Avenida da Boavista, nº 1083, no Porto.

1980

Lito Gomes de Almeida assume a Direção da Liga.

1983

15 de fevereiro

A Liga procede a alteração de seis artigos dos estatutos. O Artigo 33.º passa a determinar que são os membros da Direção a eleger entre si o respetivo presidente.

1988 / 89

22 de setembro

Reunião das direções da Associação Nacional dos Clubes de Futebol Profissional da Primeira Divisão e da Confederação Portuguesa dos Clubes de Futebol, no Palace Hotel do Buçaco. No final do encontro foi emitido um comunicado em que ambos organismos ratificavam o “desejo de criação de uma associação única”. Novembro – Início dos trabalhos para a revitalização da Liga de Clubes. --- 1989 - 7 de março - Primeira reunião da Direção da Liga Portuguesa dos Clubes de Futebol Profissional, no Porto. Deliberou-se, “por unanimidade e por aclamação”, designar Valentim Loureiro para presidente da Direção. Mandatou-se o presidente da Direção “para alugar um andar ou edifício para instalar a Sede”.

1991

30 de maio

A Liga Portuguesa dos Clubes de Futebol passa a denominar-se Liga Portuguesa de Futebol Profissional, com a publicação dos novos Estatutos no Boletim do Trabalho e Emprego. O Artigo 5º dos Estatutos passa a referir que “a Liga tem por finalidade a promoção e defesa dos interesses comuns dos seus membros e a gestão dos assuntos inerentes à organização e prática do futebol profissional”.

1992

28 de agosto

Eleição de Valentim Loureiro para presidente da Direção da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. A Liga tem sua sede na Rua da Alegria, nº 894, no Porto.

1994

24 de outubro

Em Assembleia Geral da Liga, o presidente da Direção Valentim Loureiro apresenta a demissão por sentir falta de apoio dos clubes relativamente à resolução do pagamento dos impostos ao Estado. 28 de outubro – Em reunião de Direção da Liga é eleito Manuel Damásio para presidente, até à convocação de novas eleições.

1995

10 de julho – Eleição de Jorge Nuno Pinto da Costa para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Agosto – Iniciam-se os Campeonatos Nacionais da I Divisão e Divisão de Honra, organizados pela primeira vez pelo Organismo Autónomo e Liga. 7 de novembro – Comemoração do Dia do Futebol Profissional, organizado pela Liga, com a realização no Estádio da Luz do Jogo das Estrelas, entre duas seleções de jogadores portugueses e estrangeiros a atuar em Portugal.

1996 / 97

13 de dezembro

Eleição de Valentim Loureiro para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. -- 1997 - 30 de março - Revisão estatutária da Liga. No Artigo 1.º, a Liga define-se como “uma associação de direito privado”. No Artigo 5.º, a Liga apresenta quatro “fins principais”: Exercer as competições como órgão autónomo da Federação Portuguesa de Futebol. A promoção e defesa dos interesses comuns dos seus membros e a gestão dos assuntos inerentes à organização e prática do futebol profissional e das suas competições. A organização e regulamentação das competições de carácter profissional que se disputem no âmbito da Federação Portuguesa de Futebol.

1998

24 de julho – Eleição de Valentim Loureiro para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. 23 de agosto – Eleição da Comissão Executiva da Liga que levaria a cabo a construção do novo edifício sede, em terrenos doados pela Câmara Municipal do Porto e com comparticipação do Estado.

1999

23 de setembro

Inauguração oficial da nova sede da Liga, na Rua da Constituição, n.º 2555, no Porto.

2000

A Liga é uma das instituições a subscrever o Compromisso de Ética Desportiva para o desporto português.

2002

5 de junho

Tomada de posse de Valentim Loureiro para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, pela primeira vez na nova sede.

2006

10 de agosto

Eleição de Hermínio Loureiro para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

2007 / 08

Agosto

Estreia da Taça da Liga (Carlsberg Cup), terceira competição do futebol profissional português. A valorização do jovem jogador português assumiu-se como o principal fator de aparecimento da única competição de moldes eliminatórios disputada apenas por equipas profissionais. --- 2008 - 22 de março - Final da primeira edição da Taça da Liga (Carlsberg Cup). A nova competição permitiu aos adeptos portugueses ver mais 39 jogos entre equipas profissionais.

2010

7 de junho

Eleição de Fernando Gomes da Silva para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

2012

12 de janeiro

Eleição de Mário Figueiredo para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

2014

27 de outubro

Eleição de Luís Duque para presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

2015

30 de julho

Tomada de posse de Pedro Proença como presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

2017

29 de janeiro – Décima final da Taça CTT, com a introdução do modelo de Final Four. 20 de maio – Fim da época 2016-17, com um recorde absoluto de espetadores nos recintos dos clubes profissionais portugueses, nas três competições organizadas pela Liga Portugal, ultrapassando os 4,35 milhões de pessoas nas bancadas.

2018

23 a 27 de janeiro

Final Four da Taça CTT, em Braga. Realizaram-se um vasto conjunto de eventos inseridos no programa oficial, como a 2ª Corrida do Adepto ou o Jogo das Lendas. Para a Liga Portugal, o futebol assume o seu papel de desporto-espetáculo.

Ver mais